Terço da Caridade

Terço da Caridade

Senhor, parece que não entendemos os seus ensinamentos e estamos nos tornando cada vez mais egoístas. Ajuda-nos, Senhor, e transforma o nosso coração para aprendermos a sermos caridosos.

Clique para ouvir o Terço da Caridade

Roteiro

  • Terço do Amor pág.67
  • Ladainha ao Divino Espírito Santo pág. 75
  • Oração pelos doentes pág.117
  • Oração de Santa Terezinha pág.70

Mateus 14, 15-21

Primeira multiplicação dos pães

15 Caía a tarde. Agrupados em volta dele, os discípulos disseram-lhe: “Este lugar é deserto e a hora é avançada. Despede esta gente para que vá comprar viveres na Aldeia”. 16 Jesus, porém, respondeu: “Não é necessário: dai-lhe vós mesmos de comer”.

17 “Mas, disseram eles, nós não temos aqui mais que cinco pães e dois peixes”. 18 “Trazei-nos” disse-lhes Ele. 19 Mandou, então a multidão assentar-se na relva, tomou os cinco pães e os dois peixes e elevando os olhos ao céu, abençoou-os. Partindo em seguida os pães, deu-lhes a seus discípulos, que os distribuíram ao povo. 20 Todos comeram e ficaram fartos, e, dos pedaços que sobraram, recolheram doze cestos cheios. 21 Ora, os convivas foram aproximadamente cinco mil homens, sem contar as mulheres e crianças.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

– Para sempre seja louvado.

Sim, meu (minha) irmão (ã), hoje Deus nos deu esse tema, mais uma vez, para refletirmos sobre como estamos agindo… como estamos cuidando dos nossos irmãos necessitados… Deus quer que hoje façamos um balanço dos nossos atos e busquemos uma mudança imediata e já…

Então, meu (minha) irmão (ã), se você não está agindo caridosamente com os seus irmãos, pense e reflita sobre as suas ações…

Quantas vezes por egoísmo só pensamos em nós… só queremos pra nós… Não olhamos para os nossos irmãos necessitados…

Querido (a) irmão (ã), Deus quer nos conscientizar hoje para aprendermos e sermos caridosos…

Infelizmente, meu (minha) irmão (ã), hoje estamos cada vez vivendo mais sozinhos, vivemos:

* pensando somente em nós e em:

– ter mais…

– comprar mais…

– fazer mais…

– consumir mais…

– adquirir mais…

– usufruir mais…

Estamos fazendo muita coisa errada e nos permitindo fazer ainda mais…

Querido (a) irmão (ã), pese e pense nos teus atos, pense no que você pode fazer para ajudar no Reino de Deus…

Querido (a) irmão (ã), olhe um pouquinho em volta e veja quantos (as) irmãos (ãs) vivem à margem, fora de qualquer sociedade… Alheias a tudo… Vivem como leprosos do passado e nós não vemos ou não queremos ver.

Se analise e analise os seus atos, lendo a letra dessa música:

1- Seu nome é Jesus Cristo e passa fome/ E grita pela boca dos famintos/ E a gente quando vê passa adiante/ às vezes pra chegar depressa a igreja.

Seu nome é Jesus Cristo e está sem casa/ e dorme pelas beiras das calçadas/ e a gente quando vê aperta o passo/ e diz que ele dormiu embriagado.

Refrão: Entre nós está/ e não o conhecemos / entre nós está/ e nós o desprezamos (BIS)

2- Seu nome é Jesus Cristo e é analfabeto/ e vive mendigando subemprego/ e a gente quando vê diz: é atoa/ melhor que trabalhe e não pedisse./ seu nome é Jesus Cristo e está banido/ das rodas sociais e das igrejas/ porque dele fizeram um rei potente/ enquanto que ele vive com os pobres.

3- Seu nome é Jesus Cristo e está doente/ e vive atrás das grades da cadeira/ e nós tão raramente vamos vê-lo/ sabemos que ele é um marginal./ Seu nome é Jesus Cristo e anda sedento/ por um mundo de amor e de justiça/ mas logo que contesta pela paz/ a ordem o obriga ser da guerra.

4- Seu nome é Jesus Cristo e é maltrapilho/ e vive nos mundos meretrícios/ mas muitos o expulsaram da cidade/ com medo de estender a mão a ele./ Seu nome é Jesus Cristo e é todo homem/ que vive neste mundo ou quer viver./ Pois pra ele não existem mais fronteiras./ Só quer fazer de nós todos irmãos.

Acorda, meu (minha) irmão (ã), enquanto é tempo e faça algo pelo (a) seu (sua) irmão (ã)…

Coloque em prática o dom da caridade para que você mereça que Deus tenha para com você na hora da sua necessidade, o dom da caridade.

Deus abençoe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *