Terço do Reconhecimento

Senhor, nós reconhecemos que muitas vezes somos filhos(as) injustos(as) e não observamos as maravilhas que o Senhor fez e faz por nós.

Roteiro

  • Terço da Misericórdia Divina pág. 54
  • Hino ao Espírito santo pág. 78
  • Consagração ao Espírito Santo pág. 82

Isaías 42,5-9

O servo

1Eis meu Servo que eu amparo, meu eleito ao qual dou toda a minha afeição, faço repousar sobre ele meu espírito, para que leve às nações a verdadeira religião.2Ele não grita, nunca eleva a voz, não clama nas ruas.3Não quebrará o caniço rachado, não extinguirá a mecha que ainda fumega. Anunciará com toda a franqueza a verdadeira religião; não desanimará, nem desfalecerá,4até que tenha estabelecido a verdadeira religião sobre a terra, e até que as ilhas desejem seus ensinamentos.5Eis o que diz o Senhor Deus que criou os céus e os desdobrou, que firmou a terra e toda a sua vegetação, que dá respiração a seus habitantes, e o sopro vital àqueles que pisam o solo:6Eu, o Senhor, chamei-te realmente, eu te segurei pela mão, eu te formei e designei para ser a aliança com os povos, a luz das nações;7para abrir os olhos aos cegos, para tirar do cárcere os prisioneiros e da prisão aqueles que vivem nas trevas.8Eu sou o Senhor, esse é meu nome, a ninguém cederei minha glória, nem a ídolos minha honra.9Realizaram-se os primeiros acontecimentos anunciados, eu predigo outros; antes que aconteçam, eu vo-los faço conhecer

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo

– Para sempre seja Louvado!

Querido(a) irmão(ã) que Benção hoje o tema de “reconhecimento”… Como é bom Deus nos dar temas que nos faça penar…

Querido(a) irmão(ã) Deus nos orienta e nos ensina que devemos perceber mais os sinais de Deus…

Meu(minha) irmão(ã) precisamos reconhecer que:…

– somos fracos(as)…

– somos necessitados(as)…

– somos frágeis…

Precisamos reconhecer que:…

– precisamos de ajuda…

– precisamos de socorro…

Precisamos reconhecer que:…

– Deus nos ama…

– Deus nos consola…

– Deus nos orienta…

– Deus intervem por nós…

Querido(a) irmão(ã) Deus sabe que:…

– vacilamos na fé…

– vacilamos na nossa vida…

– agimos sem pensar…

– agimos sem analisar…

Querido(a) irmão(ã) quando nós dobramos os nossos joelhos antes de agradecer a Deus ou de pedir graças… precisamos em 1° lugar reconhecer que somos pequenos e necessitados…

Querido(a) irmão(ã) é assim que devemos agir reconhecendo a nossa pequenes e reconhecendo ainda mais a grandeza de Deus…

Desejo querido(a) irmão(ã) que você possa trilhar diariamente este caminho do reconhecimento, principalmente reconhecendo a sua pequenes, fragilidade e necessidade…

Deus te abençoe, te ilumine e te proteja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *