Terço Pedindo Proteção

Olá, irmãos!

Bem vindos ao Terço Meditado com o tema “Pedindo Proteção”. O terço terá o seguinte roteiro:

Roteiro (livro “Orações Selecionadas”)

Oração 34 – Terço da Confiança

Oração 35 – Ladainha do Preciosíssimo Sangue

Oração 67 – Oração pela Vitória Palavra: Salmo 23.

 

 

 

Terço da Confiança

 

Nas contas das Ave-Marias, reza-se o Salmo 23,4:

“Ainda que eu caminhe por um vale tenebroso, nenhum mal temerei, pois estais junto a mim”

Nas contas do Pai-Nosso reza-se a Oração de Tobias e de Sara:

“Vós sois justo, Senhor! Vossos juízos são cheios de equidade e vossa conduta é toda misericórdia, verdade e justiça. Lembrai-vos, pois, de mim, Senhor! Não olheis os meus pecados e não guardeis a memória de minhas ofensas, nem das de meus antepassados. Não está nas mãos do homem penetrar vossos desígnios. Mas todos aqueles têm a certeza de que sua vida, se for provada, será coroada; que depois da tribulação haverá a libertação, e que, se houver sofrimento, haverá também acesso à Vossa Misericórdia. Porque o Senhor não se alegra com a nossa perda; após a tempestade mandais a bonança; depois das lágrimas e dos gemidos, derramais a alegria. Ó Deus de Israel, que o Senhor seja eternamente bendito!” (Tb3, 2-3;20-23).

 

 

Oração pela Vitória

Vinde, Espírito Santo, e iluminai nossa mente com a luz do céu. Removei todos os obstáculos que possam existir em nós e que nos impedem de caminhar na luz. Enche-nos de esperança renovada. Fortalecei-nos para que possamos permanecer firmes na verdade de Cristo. Ajudai-nos a usar com sabedoria os dons recebidos, para a honra e glória de Deus.

Senhor Jesus, nós Te convidamos a entrar em nosso coração e em nossa alma, em nosso corpo e em nossa mente. Pedimos-Te que caminhes conosco em nossa jornada por este mundo repleto de pecado e de escuridão. Ajuda-nos a ficar sempre em união Contigo e com o Espírito Santo. Que nossa vontade se una à Tua para fazer a vontade do Teu pai, do nosso Pai celestial.

Amado Pai, humildemente nos submetemos a Ti e pedimos que veles por nós e nos proteja de todo mal. Aceitamos prontamente tudo aquilo que, em Tua Providência, nos tens dado. Nós Te amamos e sabemos que Tu nos amas. Ajuda-nos a conhecer cada vez mais o amor à medida que somos iluminados pela luz de Cristo.

Maria, Mãe querida, pedimos que tu venhas e fiques conosco. Nós te convidamos a entrar em nosso coração e pedimos que nos conduzas cada vez para mais perto do teu Filho e nosso Salvador, Jesus Cristo. Como nossa Mãe no céu, vela por nós e envia Teus anjos para que nos guardem e protejam.

Pedimos que conduzas os santos a constantemente intercederem por nós junto ao Pai. Pedimos que, como nossa Mãe amadíssima, intercedas sempre por nós junto às três pessoas da Santíssima Trindade, de modo que possamos caminhar fiel e vitoriosamente no caminho da vida. Oramos em nome de Jesus. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Aleluia!

 

Ladainha do preciosíssimo sangue

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Pai do céu, que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho Redentor do mundo que sois Deus, tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.
Sangue de Cristo, Sangue do Filho Unigênito do eterno pai, salvai-nos.
Sangue de Cristo, Sangue do Verbo de Deus encarnado, salvai-nos.
Sangue de Cristo, Sangue do Novo e Eterno Testamento, salvai-nos.
Sangue de Cristo, correndo pela terra na agonia, salvai-nos.
Sangue de Cristo, manando abundante na flagelação, salvai-nos.
Sangue de Cristo, gotejando na coroação de espinhos, salvai-nos.
sangue de Cristo, derramado na cruz, salvai-nos.
Sangue de Cristo, preço da nossa salvação, salvai-nos.
Sangue de Cristo, sem o qual não pode haver redenção, salvai-nos.
Sangue de Cristo, que apagais a sede das almas, e as purificais na Eucaristia, salvai-nos.
Sangue de Cristo, torrente de misericórdia, salvai-nos.
Sangue de Cristo, vencedor dos demônios, salvai-nos.
Sangue de Cristo, fortaleza dos mártires, salvai-nos.
Sangue de Cristo, virtude dos confessores, salvai-nos.
Sangue de Cristo, que suscitais almas virgens, salvai-nos.
Sangue de Cristo, força dos tentados, salvai-nos.
Sangue de Cristo, alívio dos que trabalham, salvai-nos.
Sangue de Cristo, consolação dos que choram, salvai-nos.
Sangue de Cristo, esperança dos penitentes, salvai-nos.
Sangue de Cristo, conforto dos moribundos, salvai-nos.
Sangue de Cristo, paz e doçura dos corações, salvai-nos.
Sangue de Cristo, penhor de eterna vida, salvai-nos.
Sangue de Cristo, que libertais as almas do purgatório, salvai-nos.
Sangue de Cristo, digno de toda honra e glória, salvai-nos.

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo,
Perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo,
Ouvi-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo,
Tende piedade de nós, senhor.
Remiste-nos, Senhor, com o Vosso Sangue,
E fizestes de nós um reino para o nosso Deus.

Oremos: Todo-Poderoso e eterno Deus, vós que constituístes o Vosso Unigênito Filho Redentor do mundo, e quisestes ser aplacado com o Seu Sangue, concedei-nos a graça de venerar o preço da nossa salvação, e de encontrar na virtude que ele contém defesa contra os males da vida presente, de tal modo que eternamente gozemos dos seus frutos no céu. Pelo mesmo Cristo, Senhor Nosso. Assim seja.

 

Palavra

“Salmos, 23

1.Salmo de Davi. Do Senhor é a terra e tudo o que ela contém, a órbita terrestre e todos os que nela habitam,* 2.pois ele mesmo a assentou sobre as águas do mar e sobre as águas dos rios a consolidou. 3.Quem será digno de subir ao monte do Senhor? Ou de permanecer no seu lugar santo? 4.O que tem as mãos limpas e o coração puro, cujo espírito não busca as vaidades nem perjura para enganar seu próximo. 5.Este terá a bênção do Senhor, e a recompensa de Deus, seu Salvador. 6.Tal é a geração dos que o procuram, dos que buscam a face do Deus de Jacó. 7.Levantai, ó portas, os vossos dintéis! Levantai-vos, ó pórticos antigos, para que entre o rei da glória! 8.“Quem é este rei da glória?” É o Senhor forte e poderoso, o Senhor poderoso na batalha. 9.Levantai, ó portas, os vossos dintéis! Levantai-vos, ó pórticos antigos, para que entre o rei da glória! 10.“Quem é este rei da glória?” É o Senhor dos exércitos! É ele o rei da glória.*”
Salmos, 23 – Bíblia Católica Online

Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/salmos/23/

Novena a São Francisco de Assis

 

Olá, irmãos! Hoje começamos nossa novena a São Francisco de Assis.

Roteiro:

  • Sinal da Cruz;
  • Oração de todos os dias;
  • 3 orações do “Pai-Nosso”;
  • 3 orações da “Ave-Maria”;
  • 3 orações do “Glória ao Pai”;
  • Oração do dia;
  • Oração de São Francisco de Assis
  • Leitura do dia

Oração de São Francisco – todos os dias

“Sede o Rei de todos os que vivem no engano do erro ou que, por discordarem, de Vós se separaram; chamai-os ao porto da verdade e da unidade da Fé, para que, assim, em breve, não haja mais que um só rebanho sob um só Pastor. Sede o Rei de todos os que estão envoltos nas superstições do paganismo e não recuseis tirá-los das trevas para trazê-los à luz do Reino de Deus. Obtende, ó Senhor, a integridade e liberdade segura para a vossa Igreja; dai a todo o povo a tranquilidade da ordem”.

Onde há caridade e sabedoria, não há medo nem ignorância.
Onde há paciência e humildade, não há ira nem perturbação.
Onde à pobreza se une a alegria, não há cobiça nem avareza.
Onde há paz e meditação, não há nervosismo nem dissipação.
Onde o temor de Deus está guardando a casa (cf. Lc 11,21),
o inimigo não encontra porta para entrar.

Oração de São Francisco

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvida, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado,
compreender que ser compreendido, amar que ser amado.

Pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado
e é morrendo que se vive para a vida eterna.

Rezemos
Glorioso São Francisco, santo da simplicidade, do amor e da alegria, que no céu contemplais as perfeições infinitas de Deus, lançai sobre nós o vosso olhar cheio de bondade. Socorrei-nos em nossas necessidades espirituais e corporais. Rogai ao nosso Pai e Criador, que nos conceda as graças que pedimos por vossa intercessão, vós que sempre fostes tão amigo dele. E inflamai o nosso coração de amor sempre maior a Deus e aos nossos irmãos, principalmente os mais necessitados. Amém!

Primeiro dia

Meu amigo e protetor São Francisco, em vossa juventude, cantáveis alegremente pelas ruas de Assis, participando das boas alegrias dos jovens de vossa idade e fazendo grande projetos de conquistas e aventuras, ensinai-me a encontrar a alegria que vem de Deus e fazer-me nela viver continuamente.

Afastai de mim toda a tristeza que me torna fechado ao próximo.

Que a minha alegria e o meu espírito comunicativo deem testemunho da alegre presença de Deus em minha vida.

 

 

 

Segundo dia

Meu amigo e protetor São Francisco, o encontro com um leproso, a quem fostes beijar e a quem destes generosa esmola, num gesto de autossuperação, marcou o começo de vossa conversão e da vida maravilhosa, que, a partir de então, iniciastes, causando admiração ao mundo inteiro. Pelo vosso espírito de renúncia e penitência, ensinai-me a vencer as paixões e más inclinações, canalizando essas energias para o caminho do bem, a fim de que alcance minha plena realização humana, na perfeição a que Deus me chamou.

 

Terceiro dia

Grande patriarca Francisco, conta-se que, na igrejinha de São Damião, enquanto estáveis em oração, o crucifixo vos falou: “Francisco, vai e restaura a minha Igreja”. Foi uma ordem profética. Com vosso exemplo e com os numerosos seguidores que tivestes ainda em vida, nova aurora despertou para a Igreja. Pelo amor que tivestes à Igreja de Cristo, ensinai-me a ser-lhe fiel, vivendo em união com ele, apoiando-a por palavras e pelo testemunho da Igreja, levando uma vida de verdadeiro cristão.

 

Quarto dia

Ó São Francisco, vós vos tornastes um apaixonado do amor de Cristo e saístes pelo mundo a lamentar que “o Amor não é amado”, e vos apresentastes aos homens como o “Amante do Grande Rei”. Livrai-me da indiferença e comunicai-me vosso entusiasmo para que aprenda a amar a Nosso Senhor e saiba encontrá-Lo na natureza e nos acontecimentos de cada dia.

 

Quinto dia

São Francisco, enviastes vossos primeiros discípulos pelo mundo inteiro, a fim de que apregoassem a Boa Nova do Reino de Deus. Alcançai-me do Senhor o espírito apostólico e o zelo missionário, para que me interesse por Sua obra e procure colaborar com a Igreja, a fim de que o Reino de Cristo se estabeleça na Terra.

 

Sexto dia

São Francisco, na contemplação e meditação da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, encontrastes vigorosa motivação para vos entregardes a Deus numa vida desprovida de conforto e segurança. Submetestes vosso corpo a rudes penitências para experimentar uma parte dos padecimentos que Cristo enfrentou por amor de nós. A lembrança da Paixão do Senhor vos arrancava sentidas lágrimas de arrependimento e de gratidão. De vós quero aprender a grande lição do Crucificado: que, no sofrimento aceito livremente e por amor, atingimos nossa purificação.

Ensinai-me a aceitar os males e contrariedades que não posso evitar, para, por meio deles, expiar, com Jesus, os males que o pecado inflige ao mundo.

 

Sétimo dia

São Francisco, fostes chamado “o Pobrezinho de Assis”. Abandonastes os bens e o conforto do mundo e vivestes na maior pobreza para mais perfeitamente imitar a Jesus, que nasceu pobre em Belém e na cruz foi despojado de tudo. Ajudai-me a superar o fascínio e os atrativos que os bens da terra exercem sobre mim. Que saiba repartir do que é meu com os mais necessitados, e assim mereça gozar da liberdade dos filhos de Deus.

 

Oitavo dia

São Francisco, fostes o grande amigo da natureza. No Cântico do Sol, convidastes a todas as criaturas para cantarem louvores a Deus. Para vós, a natureza era o livro aberto onde se leem a bondade e a beleza de Deus, que tudo criou com amor de Pai. Fazei que, para mim, as criaturas não sejam pedras de tropeço, mas degraus que me levem para junto do Criador. Dai-me a graça de não me prender exageradamente às criaturas nem a mim mesmo. E que, de coração livre, possa levantar voo para as alturas do amor de Deus.

Nono dia

Meu grande São Francisco, apesar da ingratidão dos homens que se fecham ao amor de Deus, soubestes viver em contínua alegria. Estáveis consciente de que o amor do Pai nos predestinou à felicidade do céu. Tão grande foi vosso amor a Cristo, vossa identificação com o Amado atingiu incomparável perfeição. Ensinai-me a encarar a vida com seriedade e alegria. Quero assumir com amor e alegria as responsabilidades que ele me impõe. Que seja compreensivo e alegre no relacionamento com o próximo. Que não esqueça minha vocação de filho de Deus chamado para servir. Fazei que, a vosso exemplo, eu me deixe arrastar pelo amor de Cristo, caminhando decidido e alegre ao seu encontro todos os dias da vida.

 

 

Terço da Orientação

 

 

Terço da Misericórdia

Em vez do Pai-Nosso, reza-se:

“Eterno Pai, eu vos ofereço o Corpo, o Sangue, a Alma e a Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro”.

Em vez das Ave-Marias, reza-se:

“Jesus, pela sua dolorosa paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro”.

No final do terço, dizer três vezes:

“Deus Santo, Deus forte, Deus imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro”.

E finalizar, dizendo:

“Ó Sangue e Água que brotastes do lado aberto do Coração de Jesus como fonte de misericórdia para nós, eu confio em vós”.

 

 

Ladainha ao Divino Espírito Santo

  • Senhor, tende compaixão de nós.
  • Jesus Cristo, tende compaixão de nós.
  • Senhor, tende compaixão de nós.
  • Pai onipotente e eterno, tende compaixão de nós.
  • Jesus, Filho eterno do Pai e Redentor do mundo, salvai-nos.
  • Espírito do Pai e do Filho, amor eterno de um e de outro, santificai-nos.
  • Trindade Santa, atendei-nos.
  • Espírito santo, que procedeis do Pai e do Filho, vinde a nós.
  • Divino espírito, igual ao Pai e ao Filho, vinde a nós.
  • A mais terna e generosa promessa do Pai, vinde a nós.
  • Dom de Deus altíssimo, vinde a nós.
  • Raio de luz Celeste, vinde a nós.
  • Autor de todo o  bem, vinde a nós.
  • Fonte de água viva, vinde a nós.
  • Fogo consumidor, vinde a nós.
  • Unção espiritual, vinde a nós.
  • Espírito de amor e verdade, vinde a nós.
  • Espírito de sabedoria e inteligência, vinde a nós.
  • Espírito de conselho e Fortaleza, vinde a nós.
  • Espírito de ciência e Piedade, vinde a nós.
  • Espírito de temor do Senhor, vinde a nós.
  • Espírito de graça e oração, vinde a nós.
  • Espírito de paz e doçura, vinde a nós.
  • Espírito de modéstia e pureza, vinde a nós.
  • Espírito consolador, vinde a nós.
  • Espírito santificador, vinde a nós.
  • Espírito que governais a igreja, vinde a nós.
  • Espírito que encheis o universo, vinde a nós.
  • Espírito de acréscimo de filhos de Deus, vinde a nós.
  • Espírito santo, atendei-nos.
  • Vinde renovar a face da terra, atendei-nos.
  • Derramai a vossa luz dos nossos espíritos, atendei-nos.
  • Gravai a vossa lei nos nossos corações, atendei-nos.
  • Abrasai os nossos corações no fogo do vosso amor, atendei-nos.
  • Abri-nos o tesouro das vossas Graças, atendei-nos.
  • Ensinai-nos como quereis que a peçamos, atendei-nos.
  • Iluminai-nos pelas pelas vossas celestes inspirações, atendei-nos.
  • Concedei-nos a ciência, que é a única necessária, atendei-nos.
  • Formai-nos na prática do bem, atendei-nos.
  • Dai-nos os merecimentos das suas virtudes, atendei-nos.
  • Fazei-nos perseverar na justiça, atendei-nos.
  • Sede vós a recompensa eterna, atendei-nos.
  • Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, enviai-nos o Divino Consolador.
  • Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, enchei-nos dos dons do vosso Espírito.
  • Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, fazei crescer em nós os frutos do Espírito Santo.
  • Enviai o vosso Espírito e tudo será criado, e renovareis a face da Terra.

Oremos: o vosso Divino Espírito nos esclareça, inflame e purifique, e penetrando-nos com o Celeste orvalho nos faça fecundos em boas obras, por Cristo, nosso Senhor. Assim seja.

 

 

Consagração ao Espírito Santo

Ó divino Espírito Santo, luz eterna e brilhantíssima cuja magnificência enche o céu e a terra, eis-me aqui humildemente prostrado ante vossa Divina presença para me consagrar a Vós para sempre.

Adoro o brilho de Vossa pureza, Vossa imutável justiça e o poder do Vosso amor. É por Vós, força e luz de minha alma, que eu penso, vivo e trabalho. Não permitais que eu peque contra Vós, nem resista aos suaves impulsos de Vossa graça, mas dirigi todos os meus pensamentos para que eu esteja atento à voz das Vossas inspirações, as siga fielmente e encontre na Vossa misericórdia, auxílio contra minha fraqueza.

Adorável Espírito, compadecei-vos de minha indigência, preservai-me de todo erro e obtenha-me o perdão se eu chegar a cair em pecado. Peço-Vos de joelho, aos pés de Jesus crucificado, contemplando e adorando as Suas Chagas sagradas, Seu lado aberto, Seu coração transpassado.

Espírito do Pai e do Filho, fazei que com Vossa graça possa dizer em tudo e sempre: “Falai, Senhor, que Vosso servo vos ouve”.

Espírito de Sabedoria e Entendimento, dissipai minha ignorância. Espírito de conselho, dirigi a minha inexperiência.

Espírito de força, fazei-me perseverante no serviço de Deus, dai-me a força de proceder em tudo com bondade, benevolência. Espírito de Temor de Deus, livrai-me de todo mal. Espírito de Paz, dai-me a Vossa paz. Espírito de Santidade, ornai com  a celestes virtudes da pureza e da modéstia, a mim, templo que escolhestes para Vossa morada, e por Vossa graça poderosíssima, preservai constantemente minha alma da mancha do pecado. Assim seja.

 

 

Partilha da Palavra

Salmo 98, 6 – 9

“6. Entre seus sacerdotes estavam Moisés e Aarão, e Samuel um dos que invocaram o seu nome: clamavam ao Senhor, que os atendia. 7. Falava-lhes na coluna de nuvem, eles guardavam os seus preceitos e a Lei que lhes havia dado. 8. Senhor, nosso Deus, vós os ouvistes, fostes para eles um Deus propício, ainda quando puníeis as suas injustiças. 9. Exaltai o Senhor, nosso Deus, e prostrai-vos ante sua montanha santa, porque santo é o Senhor, nosso Deus.”
Salmos, 98 – Bíblia Católica Online

Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/salmos/98/

Cerco de Jericó

Pai nosso
Pai Nosso que estais nos Céus, santificado seja o vosso Nome, venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do Mal. Amém.

 

CREDO
Creio em Deus Pai Todo Poderoso, criador do céu e da terra. E em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor. Que foi concebido pelo poder do Espírito Santo. Nasceu da Virgem Maria. Padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado. Desceu à mansão dos mortos. Ressuscitou ao terceiro dia. Subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.

 

ORAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO
Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fieis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espirito e tudo sera criado e renovareis a face da terra. Ó Deus que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espirito Santo fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo espirito e gozemos sempre da Sua consolação. Por Cristo Nosso Senhor Amém.

1ª Leitura:

Conforme a carta de São Paulo aos Efésios 6, 10-20:

Finalmente fortaleçamos-nos no Senhor, pelo seu soberano poder.
Revistamo-nos da armadura de Deus, para que possamos resistir às ciladas do demônio.
Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares.
Tomemos, portanto, a armadura de Deus, para que possamos resistir nos dias maus e mantermos-nos inabaláveis no cumprimento do nosso dever.
Fiquemos alerta, à cintura cingidos com a verdade, o corpo vestido com a couraça da justiça, e os pés calçados de prontidão para anunciarmos o Evangelho da paz.
Sobretudo, abracemos o escudo da fé, com que possamos apagar os dardos inflamados do Maligno.
Tomemos, enfim o capacete da salvação e a espada do Espírito, isto é, a Palavra de Deus.
Intensifiquemos as nossas invocações e súplicas.
Oremos em toda circunstância, pelo Espírito, no qual persevera em intensa vigília de súplica por todos os cristãos.
E oremos também por nós, para que nos seja dado anunciar corajosamente o mistério do Evangelho, do qual somos embaixadores, prisioneiros.
E que saibamos apregoá-lo publicamente, e com desassombro, como é o nosso dever!

Palavra do Senhor.                                                                                                      Graças a Deus!

 

2ª Leitura:

Conforme a carta de São Paulo aos Coríntios: II Cor 10, 3-7:

Porque, ainda que vivamos na carne, não militamos segundo a carne.
Não são carnais as armas com que lutamos. São poderosas, em Deus, capazes de arrasar fortificações.
Nós aniquilamos todo raciocínio e todo orgulho que se levanta contra o conhecimento de Deus, e cativamos todo pensamento e o reduzimos à obediência a Cristo.
Estamos prontos também para castigar todos os desobedientes, assim que for perfeita a vossa obediência.
Julgais as coisas pela aparência! Quem se gloria de pertencer a Cristo considere que, como ele é de Cristo, assim também nós o somos.

Palavra do Senhor.                                                                                                      Graças a Deus!

 

3ª Leitura: Salmo 90:

Nós, que habitamos sob a proteção do Altíssimo, que moramos à sombra do Onipotente, dizemos ao Senhor: Sois nosso refúgio e nossa cidadela, nosso Deus em quem confiamos.
É ele que nos livrará do laço do caçador e da peste perniciosa.
Ele nos cobrirá com suas plumas; sob suas asas encontraremos refúgio.
Sua fidelidade nos será um escudo de proteção.
Não temeremos os terrores noturnos, nem a flecha que voa à luz do dia, nem a peste que se propaga nas trevas, nem o mal que grassa ao meio-dia.
Caiam mil homens a nossa esquerda e dez mil a nossa direita: não seremos atingidos. Porém, veremos com nossos próprios olhos, contemplaremos o castigo dos pecadores, porque o Senhor é nosso refúgio.
Escolhemos, por asilo, o Altíssimo.
Nenhum mal nos atingirá, nenhum flagelo chegará a nossa tenda, porque aos seus anjos ele mandou que nos guardem em todos os nossos caminhos.
Eles nos sustentarão em suas mãos, para que não tropecemos em alguma pedra.
Sobre serpente e víbora andaremos, calcaremos aos pés o leão e o dragão.
Pois que se uniu a mim, Eu os livrarei; e os protegerei, pois conhecem o meu nome.
Quando me invocarem eu os atenderei; na tribulação estarei com eles.
Hei de livrá-los e os cobrirei de glória.
Serão favorecidos de longos dias, e mostrar-lhes-ei a minha salvação.

Palavra do Senhor.                                                                                                      Graças a Deus!

 

 

4ª Leitura:

Lucas 1, 46-55 ( Magnificat)

“ Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador, porque olhou para sua pobre serva.
Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações, porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo.
Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem. Manifestou o poder de seu braço: desconcertou os corações dos soberbos. Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes.
Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos.
Acolheu a Israel, seu servo, lembrado de sua misericórdia, conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e sua posteridade, para sempre”.

Palavra da Salvação                                                                                                      Glória a Vós Senhor!

 

Oração da Queda do Muro de Jericó

Deus Pai, em nome de seu Filho, nosso Senhor Jesus Cristo e pelo poder do Espírito Santo, peço-vos que o poder que deste para Josué e seus companheiros nas muralhas de Jericó, seja dado a mim e aos que fazem esta oração:

Jesus, quebre as muralhas de pragas, proferidas por boca ou por contaminação, em relação a nossos antepassados e nos dias de hoje;

Jesus, quebre todas as muralhas das maldições vindas de nossos antepassados e nos dias de hoje;

Jesus, quebre todas as muralhas, do egoísmo, do ciúme, dos vícios;

Jesus, quebre todas as muralhas de brigas, contendas, intrigas, desentendimentos, dissoluções de casamento, de família e de todos os tipos de desunião;

Jesus, quebre as muralhas das dificuldades financeiras, falta de emprego, dificuldades nos negócios, dificuldades no trabalho, falta de dinheiro e outras dificuldades quais forem;

Jesus, quebre as muralhas dos maus pensamentos, iluminações, astúcia de satanás, sejam das origens que forem;

Jesus, quebre toda ação de satanás, em nossa vida espiritual e faça com que sejamos totalmente renovados pelo seu Sangue;

Jesus, quebre todo o ocultismo em nosso passado e agora, sejam das origens que forem;

Jesus, quebre as muralhas que impedem a obra de Deus em nossa vida.

Jesus, entregamos nossas vidas a Ti, para que sejas glorificado e que haja um Pentecostes em nós. Acreditamos na vitória que é nossa.
AMÉM.

5ª Leitura: Salmo 67

“Levanta-se Deus, eis que se dispersam seus inimigos e fogem diante dele os que o odeiam.
Eles se dissipam como a fumaça, como a cera que se derrete ao fogo.
Assim perecem os maus diante de Deus”.
( vs. 2,3 )

Palavra do Senhor.                                                                                                      Graças a Deus

 

 

Oração a São Miguel Arcanjo.

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a satanás e a todos os espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas.
São Miguel Arcanjo, defendei-nos e protegei-nos. Amém!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Assim como era no principio agora e sempre. Amém.

Oração do Muro de Jericó

Seja quebrado, destruído, todo o poder de satanás e de seus anjos rebeldes sobre estas intenções:
(*Colocar intenções do grupo e pessoais!)

Seja destruído, exterminado, neutralizado todo poder do príncipe das trevas, perseguindo, prejudicando, escravizando, dominando nossas vidas; desejando nossa ruína espiritual, material; semeando ódio, mágoa, desentendimento, orgulho, fofoca, julgamento.

Seja destruído, exterminado, neutralizado todo espírito de desunião nos nossos lares, pois provocam discórdia, ódio, mágoa, desentendimento, orgulho, fofoca, julgamento.

Seja destruído, exterminado, neutralizado todo seu conhecimento anterior e atual sobre ocultismo e demais superstições.

Seja também queimado, exterminado, destruído e eliminada, todas as moléstias, dores no corpo, problemas mentais, físicos e espirituais, opressão, perseguição diabólica sobre nós e nossa família, inclusive a rejeição de gestação.

Seja queimado, aniquilado, neutralizado todo o poder do príncipe do mundo sobre nós provocando discórdia, opressão, tristeza, depressão, angústia, solidão, pavor, desânimo, inveja, ódio, rebeldia, egoísmo, desentendimento.

Agora e para todo o sempre.AMÉM.

6ª Leitura: Josué 6

Jericó, cidade murada, tinha se fechado diante dos israelitas, e ninguém saía dela nem podia entrar. O Senhor disse a Josué: Vê, entreguei-te Jericó, seu rei e seus valentes guerreiros. Dai volta à cidade, vós todos, homens de guerra; contornai toda a cidade uma vez. Assim farás durante seis dias. Sete sacerdotes, tocando sete trombetas, irão adiante da arca. No sétimo dia dareis sete vezes volta à cidade, tocando os sacerdotes a trombeta. Quando o som da trombeta for mais forte e ouvirdes a sua voz, todo o povo soltará um grande clamor e a muralha da cidade desabará. Então o povo tomará (de assalto) a cidade, cada um no lugar que lhe ficar defronte. Josué, filho de Num, convocou os sacerdotes e disse-lhes: Levai a arca da aliança, e sete sacerdotes estejam diante dela tocando as trombetas. E disse em seguida ao povo: Avante! Dai volta à cidade, marchando os guerreiros diante da arca do Senhor. Logo que Josué acabou de falar, os sete sacerdotes, levando as sete trombetas, retumbantes, puseram-se em marcha diante do Senhor, tocando os seus instrumentos; e a arca da aliança do Senhor os seguiu. Marcharam os guerreiros diante dos sacerdotes que tocavam a trombeta, e à retaguarda seguia a arca; e durante toda a marcha ouvia-se o retinir das trombetas. Ora, Josué havia dado essa ordem ao povo: não griteis, nem façais ouvir a vossa voz, nem saia de vossa boca palavra alguma, até o dia em que eu vos disser: Gritai! Então clamareis com força. A arca do Senhor deu uma volta à cidade, e retornaram ao acampamento para ali passar a noite. Josué levantou-se muito cedo e os sacerdotes levaram a arca do Senhor. Os sete sacerdotes, levando as sete trombetas retumbantes, marchavam diante da arca do Senhor, tocando a trombeta durante a marcha. Os guerreiros precediam-nos, e à retaguarda seguia a arca do Senhor. E ouvia-se o retinir da trombeta durante a marcha. Deram volta à cidade uma vez, no segundo dia, e voltaram ao acampamento. O mesmo fizeram durante seis dias. Mas, ao sétimo dia, levantando-se de madrugada, deram volta à cidade sete vezes, como nos dias precedentes: esse foi o único dia em que fizeram sete vezes a volta. Quando os sacerdotes tocaram as trombetas na sétima volta, Josué disse ao povo: Gritai, porque o Senhor vos entregou a cidade. A cidade será votada ao Senhor por interdito, como tudo o que nela se encontra; exceção feita somente a Raab, a prostituta, que terá a sua vida salva com todos os que se encontrarem em sua casa, porque ocultou os espiões que tínhamos enviado. Mas guardai-vos (de tocar) no que é votado ao interdito. Se tomardes algo do que foi anatematizado, atraireis o interdito sobre o acampamento de Israel, o que seria uma catástrofe. Toda a prata, todo o ouro e todos os objetos de bronze e de ferro serão consagrados ao Senhor e farão parte do seu tesouro. O povo clamou e os sacerdotes tocaram as trombetas. E logo que o povo ouviu o som das trombetas, levantou um grande clamor.

A muralha desabou. A multidão subiu à cidade, sem nada diante de si. Tomaram a cidade e votaram-na ao interdito, passando a fio de espada tudo o que nela se encontrava, homens, mulheres, crianças, velhos e até mesmo os bois, as ovelhas e os jumentos. Josué disse então aos dois homens que tinham explorado a terra: Entrai na casa da prostituta e fazei-a sair de lá com tudo o que lhe pertence. Os espiões entraram na casa e fizeram sair Raab, seu pai, sua mãe, seus irmãos e tudo o que lhe pertencia, toda a sua parentela, e puseram-nos em segurança fora do acampamento de Israel. Queimaram a cidade com tudo o que ela continha, exceto prata, ouro e todos os objetos de bronze e de ferro que foram recolhidos aos tesouros da casa do Senhor. Josué conservou a vida de Raab, a prostituta, bem como a da família de seu pai e a de todos os seus, de sorte que ela habitou no meio de Israel até este dia, porque ela havia ocultado os mensageiros enviados a explorar Jericó.

Então proferiu Josué este juramento: Maldito seja diante do Senhor quem tentar reconstruir esta cidade de Jericó! Será ao preço do seu primogênito que lhe lançará os primeiros fundamentos, e será à custa do último de seus filhos, que lhe porá as portas! O Senhor estava com Josué, e o seu renome divulgou-se por toda a terra.

(Obs: No sétimo dia, leia Josué 6 uma vez, cinco vezes a parte em destaque e termine lendo novamente Josué 6 completo)

Palavra do Senhor.                                                                                                      Graças a Deus!

 

28/06 Santo lreneu de Lyon

Santo lreneu de Lyon! ORAÇÃO

Santo Irineu de Lyn, rogai por nós! Deus, nosso Pai, vós concedestes ao bispo Santo Irineu firmar a verdadeira doutrina e a paz da Igreja; pela intercessão de vosso servo, renovai em nós a fé e a caridade, para que nos apliquemos constantemente em alimentar a união e a concórdia. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.

Santo Irineu, rogai por nós

Continuar lendo 28/06 Santo lreneu de Lyon

27/06 Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, socorrei-nos! Virgem do Perpétuo Socorro, Santa Mãe do Redentor, socorrei o vosso povo que almeja ressurgir. Daí a todos a alegria de caminhar na consciente e ativa solidariedade com os mais pobres, anunciando de modo novo e corajoso o Evangelho do vosso Filho, fundamento e ápice de toda convivência humana que aspira a uma paz verdadeira, justa e duradoura. Como o Menino Jesus que admiramos neste venerável Ícone, também nós queremos apertar a vossa mão. A vós não faltam nem o poder nem a bondade para nos socorrer em todas as necessidades e em cada pedido. Agora é a vossa hora! Vinde, pois, em nosso auxílio e sede para todos refúgio e esperança. Amém.

Continuar lendo 27/06 Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

26/06 São João e São Paulo

Oração a São João Batista

São João e São Paulo, rogai por nós! “Ó glorioso São João Batista, profeta e precursor do altíssimo, primogênito da graça de Jesus e da intercessão de sua santa mãe, grande diante do Senhor pelos dons de que fostes enriquecido desde o seio materno e pela felicidade no cumprimento da missão recebida de Deus, ajudai-nos a acolher a boa-nova que anunciastes. Quero fazer de minha existência uma realização da justiça, do amor, da penitência e da pureza que proclamastes. Alcançai-me a graça de pertencer inteiramente ao reino por vós prenunciado e que está presente entre nós, desde o nascimento de Jesus. Alcançai-me, também, meu santo protetor, singular devoção à Virgem Maria que, levada pela caridade e pelo desejo de ajudar, foi com pressa à casa de vossa mãe, Santa Isabel, para serdes abençoado com os dons do Espírito Santo. Estou certo de que, com estas graças, e amando até à morte a Jesus e a Maria, salvar-me-ei e, no céu, convosco e com todos os anjos e santos, amarei e louvarei a Jesus e a Maria entre delícias e gozos eternos. Amém.”

Continuar lendo 26/06 São João e São Paulo

25/06 São Guilherme de Vercelli

São Guilherme de Vercelli, rogai por nós! ORAÇÃO

São Guilherme de Vercelli, rogai por nós! Ó Glorioso São Guilherme, tu que em vida santificaste Montevergine com as tuas virtudes e com milagres que o Senhor operou através de tuas mãos e, depois da morte tornaste precioso o Santuário de Montevergine como repouso do teu Santo Corpo: ouve atencioso as nossas preces e torna-nos firmes e perseverantes no testemunho de uma autêntica vida cristã. Continua anunciar as nossas mentes e aos nossos corações a mensagem evangélica com aquela mesma prodigiosa eficácia que o caracterizou em vida, a fim de que como fervorosos apóstolos da glória do Senhor e do culto a Virgem Maria, possamos um dia, no céu participar com contigo do fruto maduro de nossa redenção. Amém.

São Guilherme, rogai por nós.

Continuar lendo 25/06 São Guilherme de Vercelli

23/06 São José Cafasso

São José Cafasso, rogai por nós! Oração:

São José Cafasso, rogai por nós! Deus, nosso Pai, pela intercessão de João Cafasso, ensinai-nos a amabilidade, a alegria, o bom humor, pois um semblante amável, alegre e de bem com a vida tem força divina que eleva o ânimo dos que estão abatido e vale mais que mil conselhos e instruções.,Por Cristo Nosso Senhor. Amém

Continuar lendo 23/06 São José Cafasso